SELECIONE SUA REGIÃO E IDIOMA

UNITED STATES
English
LATIN AMERICA
Español
Português
AUSTRALIA &
NEW ZEALAND

English
JAPAN
Japanese
ASIA PACIFIC
English


CERRAR
Montanhista É Resgatado Em Serra Do Mar

Montanhista É Resgatado Em Serra Do Mar

Resgates

 A conexão satelital dos equipamentos SPOT oferece, além de comunicação com seus amigos e familiares, o suporte necessário para casos de emergência. Com uma constelação de satélites de baixa órbita sempre conectada e uma estrutura terrestre que conta com uma equipe especializada em coordenação de resgates, a função SOS do  SPOT X e do SPOT Gen4  apresenta uma rápida resposta para situações de emergência.
 

Esse suporte foi essencial para Thiago, que precisou acionar a função no dia 18 de junho, após sofrer um acidente em uma expedição pela Serra do Mar, uma cadeia montanhosa que se estende do Rio de Janeiro ao norte do estado do Rio Grande do Sul. No Rio de Janeiro, uma parte do território recebeu o nome de Serra dos Órgãos, onde está localizada a Pedra do Sino.



 O acidente aconteceu na região do litoral sul de São Paulo, lugar em que Thiago, junto a um grupo de amigos, estava realizando uma atividade de mapeamento. A previsão do tempo anunciou uma janela de dois dias ensolarados, com uma mudança esperada no terceiro, que, mais tarde, dificultaria o trabalho da equipe de resgate. 

 

"A gente tinha decidido mapear um setor da Serra do Mar, no litoral sul de São Paulo na divisa com o Paraná. Era um lugar que a gente tinha poucas referências. Nas expedições a gente sempre tenta se equipar da melhor forma e o SPOT sempre está junto.”

2.jpg


Com a chegada da mudança no tempo e o acúmulo de neblina, o grupo encontrou dificuldade em visualizar a melhor rota para seguir com as atividades de mapeamento. Durante a transposição de pedras para limpeza do caminho, Thiago não conseguiu visualizar uma fenda, que estava coberta por mato, e sofreu uma queda de cerca de 7 m.

3.jpg
 “Conforme eu caí, percebi que tinha quebrado o braço porque ele estava bem torto, senti uma dor bem intensa. Tive sorte que o fundo desse buraco tinha uma saída. Meus amigos contornaram a fenda e ajudaram a me tirar do buraco, estava sentindo muita dor, mas consegui me manter consciente”

10.jpg
Após a ajuda dos amigos, Thiago acionou o SOS do seu SPOT, e, a partir desse momento, a equipe de coordenação de resgates iniciou os procedimentos. Em regiões remotas, a conexão satelital do SPOT pode fazer toda diferença em situações de emergência já que proporciona uma cobertura de serviço praticamente global e não depende de nenhuma outra rede, como a celular.

 

“Ocasionalmente tinha sinal de telefonia para a gente poder acionar resgate, mas era um sinal bem fraco, então com certeza o SPOT foi fundamental para esse resgate”

11.jpg


Thiago e os amigos montaram um acampamento e precisaram aguardar cerca de 50h até o resgate. A forte neblina dificultou a operação de resgate, realizada pela equipe do helicóptero Águia da Polícia Militar do estado de São Paulo. Os socorristas precisaram esperar uma trégua no mau tempo para concluir o resgate.

“Conforme o tempo abriu, eles conseguiram fazer esse resgate, eu fui içado no cabo de aço, em seguida meus amigos continuaram a tocar a travessia até terminar. Com certeza, o SPOT foi fundamental num momento tão crítico, de estresse absurdo e tão incerto ao ajudar as autoridades a ficarem sabendo o quanto antes onde exatamente a gente estava”

5.jpg

Post Anterior:
Conexão
Próximo Post:
Embarque na Rota Polar
ASSINE NOSSA NEWSLETTER