SELECIONE SUA REGIÃO E IDIOMA

UNITED STATES
English
LATIN AMERICA
Español
Português
AUSTRALIA &
NEW ZEALAND

English
JAPAN
Japanese
ASIA PACIFIC
English


CERRAR
Beto Pandiani e Igor Bely concluem a Expedição Rota Polar

Beto Pandiani e Igor Bely concluem a Expedição Rota Polar

AventuraNotícias

Em julho de 2022 Beto Pandiani e Igor Bely partiram em uma ousada travessia no mar do Ártico pela Passagem do Noroeste, enfrentando situações extremas e um cenário que impôs barreiras físicas e psicológicas. Equipados com um SPOT X para garantir a comunicação em locais remotos e uma equipe terrestre, os dois aventureiros também contaram com um diário de bordo, utilizado para compartilhar os desafios do dia a dia da expedição.

“O vento não se cansa de soprar, assoviar e gemer aqui no Igloo. Até ontem estávamos protegidos no píer por causa do ângulo do vento, mas ele torceu um pouco mais para o Norte e agora as marolas da pequena baía de Gjoa Haven atingem o nosso catamarã. Neste momento estou escrevendo o diário sacudindo e sentindo as ondas baterem no fundo do barco”

Blog Image 1
Uma das motivações da viagem pelo mar gelado do Ártico foi sinalizar um alerta para as consequências das mudanças climáticas. A expedição pela Passagem do Noroeste se tornou possível por conta do degelo da região, situação que já era prevista, mas aconteceu antecipadamente por conta da rápida degradação das condições ambientais.

Blog Image 2
O catamarã em que os dois aventureiros estavam a bordo foi construído sem motor, com um sistema de pedal para ser trabalhado junto ao vento com o objetivo de movimentar a embarcação. Por isso, o tempo em cada região visitada era um ponto de atenção para os dois. 

“Tão perto e tão longe. Seja lá quem comanda os ventos quer nos testar. Testar a paciência e o humor... Nenhum veleiro que cruza a Passagem Noroeste a faz velejando, e não tem razão para não motorar.. Sempre optamos por sermos veleiros na sua essência, mas hoje de manhã quando as nossas esperanças se foram, pois tínhamos a princípio a melhor previsão em força e direção, me perguntei por que não trouxemos um pequeno motor de popa”

Blog Image 3

As condições encontradas na reta final da expedição não foram as mais favoráveis, a falta de vento implicou em dificuldades de locomoção. Mas, havia esperança e otimismo: “Este lugar guarda algumas recompensas que futuramente vou valorizar mais do que imagino”
 
As recompensas que Beto Pandiani aguardava chegaram mais cedo do que imaginado. Apesar do cenário desafiador e a necessidade de tomada de decisões arriscadas, a expedição Rota Polar encontrou seu rumo final e foi concluída com sucesso no dia 3 de setembro de 2022.
 
“Antes de dormir o Igor e eu conversamos muito a respeito da decisão de partir ou não para Artic Bay, pois tínhamos duas previsões meteorológicas bem diferentes, uma apontando um cenário favorável e outra completamente diferente... Decidimos partir pois estamos já entrando na última semana de janela segura, pois a partir da segunda semana de setembro o tempo deteriora drasticamente aqui no Ártico... Víamos as montanhas nevadas mesmo no escuro, pois ainda tem um mínimo de luz, o que vai mudar a partir da semana que vem. Em torno do Igloo era possível ver as ondas quebrando as cristas e o barulho do mar quebrando. Vimos ao longe um vulto de montanha branca com o gelo recém caído e pelo GPS deveria ser a nossa última esquina para nos livrarmos do vento forte e das ondas. Contornamos a ponta que dava o acesso a Artic Bay e logo o Igor sugeriu que dormíssemos logo em um cantinho calmo do braço de mar. Eram 3 horas da manhã e estávamos a apenas 6.4 milhas de Artic Bay. A viagem estava concluída.”

Blog Image 4
Os aventureiros utilizaram dois equipamentos SPOT X em toda a expedição, garantindo não só sua comunicação, mas também transmitindo seu posicionamento para seus seguidores durante toda a aventura e registrando esse feito incrível. Confira o mapa!

Blog Image 5
ASSINE NOSSA NEWSLETTER