SELECIONE SUA REGIÃO E IDIOMA

UNITED STATES
English
LATIN AMERICA
Español
Português
AUSTRALIA &
NEW ZEALAND

English
JAPAN
Japanese
ASIA PACIFIC
English


CERRAR
Cicloviajante é Resgatado Em Diamantina

Cicloviajante é Resgatado Em Diamantina

Resgates

Antes de partir para uma aventura, é de extrema importância preparar-se para os diferentes cenários que podem aparecer. Por mais que o planejamento tenha sido feito com cuidado, imprevistos podem acontecer, e, nesses momentos, equipamentos de segurança podem fazer toda a diferença. No final do mês de outubro, Fernando, um cicloviajante experiente, passou por uma situação crítica e precisou acionar o SOS do seu SPOT Gen3.

O plano de viagem era pedalar de Diamantina até a Chapada, localizada na Bahia, num percurso de cerca de 1.400km. Fernando concluiu o primeiro dia com sucesso, fazendo 25km até parar em Pinheiros para descansar. Na parada, conheceu uma família que morava na região e foi convidado para passar a noite. Foi a partir desse momento que os imprevistos começaram.


Durante a noite, um dos membros da família recomendou uma trilha alternativa, que, segundo ele, estava em boas condições e era muito bonita. Fernando aceitou a ideia e, no dia 30/10, mudou o plano inicial e partiu para a trilha. Os primeiros quilômetros se mostraram tranquilos, mesmo com chuva, mas aos poucos, a trilha mudou, apresentando pedras no caminho, subidas e descidas com lama. E, no final das contas, a trilha não era nada bonita.


Apesar das dificuldades encontradas, Fernando estava bem, pelo menos até aqui. Em uma pausa, o ciclista tirou um alimento embutido da bolsa e comeu. Em outras situações, qualquer reação do corpo a esse tipo de alimento poderia ser contornada facilmente, mas no meio de uma trilha complicada, sem ninguém por perto, o cenário é outro. E foi isso que o aventureiro precisou encarar.


O produto causou azia e Fernando começou a vomitar, não tinha como seguir viagem, então montou a barraca. Mas outro imprevisto aconteceu, devido à fraqueza, ele caiu em cima do abrigo, quebrando a vareta de sustentação. Uma gambiarra foi feita, mas não foi o suficiente para impedir que a água acumulasse no teto. Além disso, insetos e carrapatos invadiram a barraca, e Fernando continuava vomitando.

Até esse momento, o aventureiro ainda não havia solicitado o resgate, pois estava com medo de colocar a família em preocupação extrema e em alguns quilómetros, estaria em uma localização onde poderia pedir ajuda. Mas o cenário continuava piorando, os insetos e carrapatos não paravam de aparecer e ainda havia a chance dele encontrar rios transbordados no caminho. 


Por fim, Fernando acionou o SOS do SPOT Gen3 e foi encontrado pelos bombeiros da região. Foi levado para a Santa Casa de Caridade de Diamantina onde foi internado e medicado, tendo alta poucos dias depois.



Confira o relato de Fernando: “O SPOT se mostrou perfeito (já tinha confiança nele), a integração entre a matriz, o Grupo de Salvamento em Brasília e o Corpo de Bombeiros, juntamente com minha família foi perfeito.”
ASSINE NOSSA NEWSLETTER